cpshowdebola

Parceiros


 

Olímpia Urban Fitness

 

Clínica Fisiomed

 

Armazem Burger Bar

 

Visitas


Início

Compartilhe esta página   Página Facebook   Regulamento

 

02/12/2017 - Final

 

Uma final inesquecível, viradas, golaços, muito futebol, muitos gols e emoção do início ao fim.

 

 

17:50
Milan 0   3

 

Disputando o 3º lugar Milan e United fizeram um jogo corrido, mas sem muita empolgação.

Aos 06 minutos de jogo o Milan vacila na marcação e Ueliton (7) recebe ne frente da área e finaliza no canto abrindo o placar para o United, após o gol sofrido o Milan passou a atacar mais, mas desperdiçava muitas chances, em uma delas Marcos (3) errou um tiro livre.

No segundo tempo, aos 05 minutos, Reginaldo (21) recebeu passe pela esquerda e chutou rasteiro o goleiro do Milan falhou e a bola foi para no fundo do gol ampliando a vantagem do United, pouco tempo depois o Milan teve a chance de marcar o primeiro gol no jogo, mas Renato (20) cobrou pênalti e o goleiro do United defendeu, aos 10 minutos, Idalgo (9) ganhou a bola do adversário e tocou para Arthur (10) que recebeu livre dentro da área para marcar o terceiro gol do United, as duas equipes continuaram procurando o gol, na última chance do Milan Clever (13) cobrou tiro livre, mas o goleiro adversário defendeu.

 

 

 

 

 

 

 

 

19:20
Barcelona

 6

(4

 

2)

 

Disputando o título Barcelona e City fizeram um jogo emocionante do início ao fim, com viradas, torcidas barulhentas, futebol limpo e muitos gols. Uma final espetacular.

No primeiro tempo, aos 03 minutos, Maciel (33) recebeu passe girou em cima do marcador ficou na cara do gol, mas chutou para fora, mas no ataque seguinte saiu o primeiro gol, em uma jogada rápida Leandro (8) chutou para o gol e no rebota Eder (7) finalizou no canto direito marcando a favor do City, as duas equipes só buscavam o gol, aos 10 minutos, Claudenir (8) recebeu a bola da reposição do goleiro girou e chutou forte mandado no ângulo esquerdo empatando o jogo, quatro minutos depois, Maciel (33) recebeu a bola na linha de fundo driblou o zagueiro e tocou para a área a defesa do Barcelona se atrapalhou e Helrison (4) mandou contra o próprio gol colocando o City em vantagem mais uma vez, mesmo com um jogo rápido e muito equilibrado o Barcelona conseguia chegar com perigo, aos 28 minutos, Valmir (10) recebeu a bola e passou para Helrison (4) que teve tempo de dominar e escolher o canto para empatar o jogo.

No segundo tempo, um pouco mais do mesmo, muita velocidade, jogadas de perigo e marcação, aos 05 minutos, Alexsandro (7) tocou para Valmir (10) que chutou forte e mandou a bola no canto esquerdo virando o jogo para o Barcelona, no minuto seguinte, Janilson (19) recebeu pela esquerda chutou forte o goleiro do City bateu roupa e Claudenir (8) aproveitou para ampliar a vantagem do Barcelona, aproveitando o apagão do City o Barcelona ia pro ataque, aos 11 minutos, Claudenir (8) recebeu lançamento deu um chapéu no zagueiro e chutou para o gol, no rebote chutou novamente para marcar um golaço e ampliar ainda mais a vantagem, o City sentiu os gols e parecia que ia baixar a cabeça, mas aos 12 minutos, Eder (7) recebeu passe na frente da área e de primeira finalizou no canto direito colocando o City de volta no jogo, aos 15 minutos, Eder (7) cobrou falta e no bate-rebate Eronaldo (47) mandou a bola para o fundo do gol diminuindo a desvantagem do City, agora era o City que vinha embalado e atacava, aos 18 minutos, o Barcelona erra no meio de campo e Maciel (33) rouba a bola avança pela esquerda e cruza para Eronaldo (47) que de primeira manda no ângulo direito marcando o golaço de empate do City, as duas equipes eram só ataque, aos 25 minutos, Maciel (33) cobrou lateral e Marcio (90) encheu o pé mandando a bola no ângulo esquerdo marcando mais um golaço na partida e virando placar para o City, parecia um pesadelo para o Barcelona, líder absoluto da competição estar ganhando na final por três gols de diferença e levar uma virada em menos de 15 minutos, o City teve a chance de matar o jogo, mas Marcio (90) isolou a bola na cobrança de tiro livre e quem não faz, leva, no último ataque do jogo, aos 29 minutos, Helrison (4) recebeu a bola na frente da área e de primeira mandou no canto esquerdo o goleiro ainda tocou na bola, mas não evitou o gol de empate do Barcelona.

Depois de 60 minutos de muita bola e de futebol em alto nível as equipes foram para as cobranças de pênaltis, o City abriu as cobranças com Eder (7) que chutou forte e converteu no canto esquerdo, logo depois Jorge (11) com um cavadinha tirou a bola do goleiro e marcou a favor do Barcelona, depois veio Leandro (8) um dos jogadores mais importantes do City na final, mas o goleiro do Barcelona defendeu a cobrança no canto direito, era a vez de Helrison (4) o capitão salvador do Barcelona que cobrou e converteu o pênalti, Leandro (15) do City chutou e também converteu, Robson (5) também converteu mais um a favor do Barcelona, depois foi a vez de Marcio (90) que marcou o gol da virada do City, na cobrança de pênalti ele escolheu o canto esquerdo, mas o problema foi que o goleiro do Barcelona também escolheu o canto esquerdo e defendeu mais uma pênalti, o chute do título ficou nos pés de Janilson (19) que ajeitou a bola e chutou forte ao ponto de rasgar a rede dando o primeiro título do Show de Bola para o Barcelona.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de 22 rodadas na fase de classificação quatro equipes foram para o quadrangular final.

O United que amargou um bom período no Z4 se recuperou e mais uma vez foi para a disputa de um troféu, com a vitória em cima do Milan a equipe ficou em 3º Lugar na competição cravando mais uma marca ao conquistar troféus em todas as edições e em todas as posições Campeão, Vice e 3º Lugar.

O City que logo na primeira rodada levou a maior virada já registrada na competição e que por vezes foi assunto de piadas aos mostrou a que veio, a equipe ganhou confiança e resultados, subiu na classificação desbancou outros favoritos, conseguiu emplacar um vice-artilheiro e na sua estreia chegou a uma final fazendo uma partida histórica no Show de Bola, não levou o título, mas provou que tem futebol, humildade e um elenco forte.

O Barcelona que ano passado terminou o campeonato no Z4 voltou esse ano renovado, desde a primeira rodada mostrou o seu futebol rápido e com capacidade de superação dentro de campo, a equipe era vista com desconfiança por alguns, mas nos pontos corridos ficou 20 rodadas na liderança e chegou na final, contando principalmente com o apoio da torcida barulhenta em um jogo difícil emocionante e que por pouco não foi frustrante a equipe conseguiu superar o City tornando-se campeã e levando o título pela primeira vez, além disso tem em seu elenco o artilheiro da competição Claudenir (8) que balançou a rede muitas vezes ao marcar 44 gols dentro de uma única edição do campeonato quebrando todos os recordes do Show de Bola. Por isso e por muito mais o Campeonato Show de Bola tornou-se referência em futebol society amador em Parauapebas, trabalhamos, lutamos, “apanhamos”, erramos, mas acima de tudo acertamos.

O Campeonato a cada ano mostra-se mais firme, sólido e vitorioso, a renovação maior chegará em 2018, planos e metas estão sendo colocados em prática para mais uma vez fazer O Melhor Campeonato Amador de Futebol Society de Parauapebas.

Nós, Leandro Mirando e Willian Santos, organizadores do Campeonato Show de Bola agradecemos a todos que contribuíram de forma positiva para que o Show de Bola se superasse mais uma vez. Estaremos de volta em breve.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você tem algum elogio, sugestão ou reclamação envie sua mensagem à Organização da Competição: Contato

 

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24   ARQUIVO

topo